Shoyu dark e shoyu leve? Molho de ostra? Hoisin? Tofu fermentado? Nada tema! Aqui a gente explica o que são esses ingredientes estranhos!

O princípio é colocar junto a identificação em Mandarim, Cantonês, Inglês e as vezes Japonês. O motivo principal se deve ao fato de a maioria das receitas utilizadas aqui no Dim Sum Café virem de livros e sites em inglês! O japonês está aqui pois alguns ingredientes foram popularizados pela cultura japonesa, caso do shoyu, mas que tem seus correspondentes em outras culturas.

  • Dausi / Dòuchǐ / Black Beans

    Mandarim: Dòuchǐ | Cantonês: Dausi | Inglês: Black Beans


    Grão de soja preto fermentado e salgado. A fermentação deixa os grãos macios e sequinhos. Encontrado em vários formatos (pasta, molho, grão e com outros alimentos como peixe).

  • Molho de Ostra

    Mandarim: háo yóu | Cantonês: hou jau/hòuh yàuh | Inglês: Oyster sauce


    De sabor adocicado, cor escura e viscosa, esse molho é feito de açúcar, sal, amido de milho e essência ou extrato de ostras.Tradicionalmente, o molho era feito cozinhando ostras até os seus sucos caramelizarem em um molho grosso.
    Bastante comum na cozinha cantonesa, tailandesa e vietnamita.

    Provavelmente a marca mais famosa é a da Lee Kum Kee.

  • Pu’er / Bo-lei

    Mandarim: Pu’er | Cantonês: Bo-lei


    Chá fermentado típico da província de Yunnan. O processo de fermentação chinês é conhecido como Hei Cha, que produz um chá conhecido como preto no ocidente, mas considerado “vermelho” no oriente. Sua base é do máochá (毛茶), um chá verde não oxidado processado de uma variedade da Camellia sinensis das montanhas de Yunnan. Bastante típico para se tomar comendo dim sum.

  • Shoyu / Soy Sauce / Molho de Soja

    Mandarim: Jiàng Yóu ou Chǐ Yóu | Cantonês: Jeong Yau Ou Si Yau | Inglês: Soy Sauce | Japonês: Shoyu


    Não, não é qualquer shoyu. Na cozinha chinesa usa-se dois tipos:

    Light: Feito da primeira prensa dos grãos de soja fermentados. Nos livros você vai encontrar como light ou think soy sauce. É o mais usado na cozinha chinesa. Em casa chamam “aquele que dá sabor”.

    Dark: É mais grosso e escuro na cor, mas é mais leve na questão do sal. É fermentado por mais tempo e desenvolve um sabor mais doce-salgado e textura mais viscosa. Em casa chamam de “aquele que dá cor”.

    Se você estiver fazendo alguma receita chinesa, ao invés de usar os tradicionais shoyus japoneses, tente procurar na Liberdade marca Lee Kum Kee. Tem essas duas variedades.

    De qualquer forma, esse é um tópico que merece um post mais aprofundado né?